FURIA grita o seu primeiro BOOYAH na 7ª rodada da LBFF

A sétima rodada da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) aconteceu neste sábado, 29, e teve a FURIA gritando o seu primeiro BOOYAH na competição. Mantendo...

A sétima rodada da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) aconteceu neste sábado, 29, e teve a FURIA gritando o seu primeiro BOOYAH na competição. Mantendo as boas apresentações da semana passada, a INTZ garantiu mais uma dobradinha para conta e a SKS conseguiu se desempenhar melhor em algumas das quedas, deixando vivas às esperanças para fugir da última colocação. PRG, LOUD e Corinthians, que também esboçaram uma evolução na semana passada, fizeram boas partidas e fecham a lista de sobreviventes do dia.

Confira o resumo da rodada:

Bermuda – INTZ

Como de costume, a primeira queda começou de forma tranquila, com as equipes aproveitando ao máximo a fase de loot e evitando trocações. O primeiro confronto direto foi entre paiN e SKS, onde o time tradicional caiu diante da última colocada, que por sua vez perdeu apenas o Xabrau. Com a safe fechando próximo a Plantation, as equipes começaram a se encontrar e disputar território. Destaque para o embate entre PRG, LOUD e Vivo Keyd, que promoveram uma trocação intensa antes da última safe se fechar. Ao final, restaram LOUD, INTZ e B4 na briga pela sobrevivência. Avenger foi eliminado e no embate entre LOUD e INTZ, Moreira e Aun garantiram o BOOYAH para os Intrépidos.

INTZ segue brilhando na LBFF (Foto: Garena)

Purgatório – PRG

Diferente do que aconteceu no primeiro mapa, as equipes se movimentaram de maneira mais agressiva no início da partida. Vivo Keyd, BD Los Grandes e RED se encontraram logo cedo, e quem mais saiu no prejuízo foi a Keyd, que ficou apenas com o Kroonos vivo para o restante da partida. Em seguida, LOUD, INTZ e B4 apareceram para a brincadeira e os Bartados deitaram a equipe da RED, primeira eliminada. Rotacionando para Brasília, os times se mantiveram perto durante todo o mapa, mas até a penúltima safe, fechada no rio, somente LOUD, BD, PRG e Liquid ficaram vivas. BD e LOUD caíram e mesmo fazendo uma boa leitura de mapa, a Liquid não conseguiu se movimentar bem na última safe, o que resultou no BOOYAH da PRG.

PRG comemora o seu segundo BOOYAH no campeonato (Foto: Garena)

Destaque para mais uma boa atuação da SKS, que deu aula ao conter o avanço da FURIA na guarita, deixando os Panteras para trás na 11º colocação.

Bermuda – FURIA

De volta a Bermuda, as equipes retomaram o jogo lento, mesmo que algumas trocas tenham acontecido ainda cedo. Depois de muita rotação, SKS, RED e LOUD foram as primeiras equipes que caíram. Já na penúltima safe, sete equipes estavam vivas e o clima começou a pegar fogo. Distante das outras seis, a FURIA conseguiu sobreviver até o final e disputou o BOOYAH com a Corinthians, que sobreviveu apenas com o Nobru. O atual melhor do mundo ainda tentou, mas não conseguiu garantir o ACE e a FURIA, com o seu novo jogador, o Mamute, gritou o seu primeiro BOOYAH na Liga Brasileira.

Jogadores da FURIA comemoram o primeiro BOOYAH da equipe no campeonato (Foto: Garena)

Purgatório – INTZ

A quarta queda começou parecida com a terceira, com as equipes esboçando trocas, mas priorizando uma fase de loot tranquila. A primeira trocação aconteceu entre PRG e LOUD, mas nenhuma das duas caíram de vez. A primeira eliminada foi a Liquid, que caiu para a Keyd – eliminada pela FURIA logo na sequência. Ao final, Corinthians, INTZ, LOUD e a FURIA chegaram para disputar a última safe, que mais uma vez fechou pelo rio. Fixa e sua trupe foram eliminados pela INTZ, enquanto do outro lado, a FURIA deitou a LOUD. Na decisão do BOOYAH, a INTZ tinha todos os seus jogadores vivos e levou a melhor na trocação, garantindo mais uma dobradinha na LBFF.

Bermuda – LOUD

O penúltimo mapa teve o Corinthians eliminando a FURIA na primeira trocação do jogo. Em seguida, o SCCP foi deitado pela SKS, que se juntou a paiN e Keyd numa casa próxima da penúltima safe. INTZ, PRG, Team Liquid e B4 acabaram eliminadas após a pausa e o jogo se fechou ao redor dos times que estavam na casa (paiN, Keyd e SKS) e outros dois que estavam do lado de fora (LOUD e RED). Com a safe fechando a favor dos times que estavam fora da propriedade, uma confusão generalizada tomou conta dos três times da casa.

No final das contas, apenas o Brabox (da Keyd) saiu vivo. A disputa pelo BOOYAH ficou entre Keyd, RED e LOUD, que melhor posicionada e em maior quantidade, trabalhou bem o gelo e garantiu a vitória. Destaque para a paiN Gaming, que mesmo sendo eliminada primeiro que a Keyd, foi o terceiro time que mais pontuou no mapa.

LOUD garante BOOYAH e assume 2ª colocação na tabela (Foto: Garena)

Purgatório – Corinthians

A última queda foi uma das mais rápidas e terminou com BOOYAH do Corinthians, que soube trabalhar o mapa do início ao fim. A primeira equipe eliminada foi a SKS, que além de brigar contra o gás, precisou lidar com a FURIA de um lado e o time de Peu do outro. Em seguida, depois de um tempo, caiu a PRG, punida pela Black Dragons e finalizada pela paiN durante uma rotação mal coordenada. Corinthians, INTZ, FURIA e Keyd foram as equipes que entraram na briga pelo BOOYAH. Lucas caiu para o gás e eliminou a chance dos Intrépidos.

Agressivo, o time de Kroonos avançou em direção a FURIA, que acabou sendo punida, também pela pressão imposta pelo gás. Em maior quantidade, o atual campeão eliminou a Keyd quase que no mesmo tempo de queda da FURIA e fechou com chave de ouro a sétima rodada da LBFF.

Corinthians fecha o sábado de LBFF gritando BOOYAH (Foto: Garena)

Confira como ficou a tabela após a sétima rodada:

  1. Team Liquid – 803 pontos
  2. LOUD – 795 pontos
  3. INTZ – 779 pontos
  4. Vivo Keyd – 766 pontos
  5. paiN Gaming – 700 pontos
  6. Corinthians – 628 pontos
  7. BD Los Grandes – 607 pontos
  8. FURIA – 561 pontos
  9. RED Canids Kalunga – 526 pontos
  10. PRG – 519 pontos
  11. B4 – 501 pontos
  12. SKS – 413 pontos

A LBFF retorna no domingo, a partir das 13h, para mais uma série de seis quedas. Acompanhe as partidas ao vivo no canal do YouTube e na plataforma BOOYAH!.

Categorias: Free Fire, LBFF, Série A, Temporada 1
Tags: , ,

1 Comment

  1. Deixa o Coelho te Betar (@betadascoelho)

    1 de março de 2020 at 14:25

    Que loucura!

    Reply

Deixe um comentário!