Vivo Keyd assume a liderança da LBFF

Em sua reta final, a Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) começou mais cedo neste final de semana e as equipes protagonizam a nona rodada nesta sexta-feir...

Em sua reta final, a Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) começou mais cedo neste final de semana e as equipes protagonizam a nona rodada nesta sexta-feira, 6. FURIA (2x), Corinthians INTZ, B4 e Team Liquid foram as equipes que fecharam a noite com o BOOYAH.

Confira a tabela atualizada e o resumo da rodada:

Bermuda – FURIA

O mapa começou com INTZ e B4 caindo juntas em Bima, mas ambos os times recuaram para evitar trocações. Durante sua rotação, a B4 foi emboscada e wipada pela RED Canids, enquanto a INTZ quase caiu nas mãos da Vivo Keyd, mas perdeu apenas o Lucas. O jogo se acalmou e começou a pegar fogo quando paiN e LOUD se encontraram na mesma casa. O tempo que as duas equipes se estranharam foi o suficiente para que VK e BD Los Grandes chegassem no local. Com as quatro equipes juntas, a trocação começou. Ubita e companhia caíram primeiro, seguidos de LOUD e RED Canids – que chegou no final, esboçou eliminar a BD, mas foi eliminada. Com somente 3 jogadores, a SKS veio cair na oitava colocação, seguida da BD, deitada pela Keyd, logo eliminada pela PRG na sequência.

Ao final do confronto, estavam vivas FURIA, PRG, Team Liquid e Corinthians. Juntos no mesmo canto do mapa, SCCP e Liquid partiram para a trocação, que terminou com apenas o Luuking vivo por parte da TL. Do outro lado, a PRG avançou na FURIA, que eliminou o time dos “Irmãos V” e logo na sequência o Luuking, garantindo assim o primeiro BOOYAH da noite.

FURIA abre 9ª rodada com BOOYAH (Foto: Garena)

Purgatório – Corinthians Free Fire

Mais uma vez a B4 se estranhou com uma equipe no início de queda. Entretanto, ao invés de fugir como na queda passada, os Bastados caíram para trocação. O adversário foi novamente a RED Canids, que começou perdendo a briga, mas se recuperou e wipou Deadgod e companhia. Provando do mesmo remédio, a Matilha foi wipada pela BD logo na sequência. Passado um tempo, várias trocações começaram a acontecer no mapa. INTZ, BD, FURIA e LOUD caíram e a safe começou a se fechar próximo ao rio, com paiN Gaming, SKS, Team Liquid, Corinthians, Vivo Keyd e Prodigy vivas, em lados opostos. De um lado, paiN, SKS e Liquid começaram a trocação, enquanto do outro, SCCP, VK e PRG fizeram o mesmo. Equipado com o lança, Japa de uma vez só todos os jogadores da SKS, que caíram juntos com o time da paiN. Enquanto isso, do outro lado, a equipe de Kroonos deitava a PRG.

Em posição desfavorável, a Liquid caiu na terceira colocação e a briga pela sobrevivência ficou entre Corinthians e Keyd. Com um lança sensacional, Pires garantiu o 2×4 para a sua equipe e colocou o segundo BOOYAH da noite na conta do Coringão.

Testando nova formação, Corinthians crava o segundo BOOYAH da noite (Foto: Garena)

Bermuda – INTZ

De volta ao mapa que sediou a primeira partida, tivemos B4, RED e INTZ caindo juntas em Peak, mas nenhuma trocação aconteceu. SKS e LOUD também caíram próximas, mas nada eclodiu. O confronto começou a pegar fogo quando a B4, que havia sido wipada nos dois últimas mapas, deu o troco eliminando BD Los Grandes e SKS logo na sequência. Com duas equipes no chão, o jogo esfriou e os times partiram para rotação. Muito próximas nas últimas safes, as equipes começaram a se encontrar e uma série de brigas eclodiu. LOUD e B4 se estranharam e os Bastardos não demoraram para eliminar o time de Will, que caiu junto com FURIA, RED Canids, paiN Gaming e, na sexta colocação, a própria B4. 

Team Liquid, Vivo Keyd, Corinthians, Prodigy e INTZ foram as equipes que sobreviveram até o final. Pressionadas pelo gás, Liquid e PRG acabaram caindo antes de almejar o BOOYAH. Depois de uma trocação intensa, a Keyd eliminou o Corinthians, mas não conseguiu superar os Intrépidos, que abusando da vantagem no 4×2, garantiu mais um BOOYAH na competição.

Mesmo irregular, INTZ garante BOOYAH na terceira queda da noite (Foto: Garena)

Purgatório – FURIA

Devido a problemas técnicos, o quarto mapa começou pausado e precisou ser reiniciado minutos depois. Depois que tudo foi resolvido, as equipes saltaram normalmente no segundo Purgatório da noite. INTZ e LOUD deram início às trocações intensas e quem levou a melhor foi a equipe de Vini, que saiu com todos os seus jogadores vivos após eliminar os Intrépidos. Em seguida, LOUD e BD Los Grandes se encontraram. Embora a LOUD estivesse indo bem, PRG e B4 se envolveram na trocação, o que ocasionou na queda de Vini e companhia. Já fraturada, a BD foi finalizada pela B4 poucos segundos depois. Do outro lado, a SKS caiu para o gás após perder a trocação contra a RED – que não sobreviveu muito tempo -, enquanto a paiN foi eliminada pelo Corinthians. 

Com a safe se fechando, os times começaram a se encontrar. PRG, que estava indo bem, caiu no gás em meio a trocação. Dominado pela Vivo Keyd, o Corinthians caiu logo depois, seguido de RED Canids, Team Liquid e B4. Para definir o BOOYAH, Keyd e FURIA se enfrentaram na última safe. Sem perder nenhum jogador, a FURIA doutrinou o até então líder do campeonato e garantiu o seu segundo BOOYAH da noite.

Bermuda – B4

Diferente das quatro quedas anteriores, a quinta começou de forma mais tranquila e as equipes fizeram um jogo mais equilibrado. Todos os times permaneceram vivos até mais da metade da partida, mesmo que algumas trocações tenham eclodido. Conforme a safe foi diminuindo, os squads foram eventualmente se encontrando e a INTZ foi o primeiro que deu adeus ao mapa. Com o espaço ficando ainda menor, caíram Team Liquid, Corinthians, SKS, BD Los Grandes e RED Canids. Bem posicionada no centro, a paiN partiu para cima da FURIA após deitar a Matilha. Mamute e companhia, no entanto, acabaram finalizados pela VK, que caiu logo na sequência. 

PRG, paiN Gaming, B4 e LOUD foram as quatro equipes que restaram vivas. Horus e sua trupe caíram em quarto e com quatro jogadores vivos, a paiN eliminou a LOUD, que tinha apenas o ShariiN na briga. Pressionada pela B4, a equipe tradicional não conseguiu se sobressair na trocação e os Bastardos levaram a melhor, garantindo o seu primeiro BOOYAH na Liga Brasileira de Free Fire.

B4 confirma boa rodada com BOOYAH na penúltima queda (Foto: Garena)

Purgatório – Team Liquid

O último mapa começou com o Ubita eliminando logo cedo o Crazy, que acabou desfalcando o Corinthians. Fora isso, a partida mais uma vez começou de forma tranquila e a segunda eliminação só veio a acontecer com o Bradoock caindo durante a rotação da LOUD. Em má fase, a RED foi a primeira eliminada, caindo nas mãos da PRG. Como foi no mapa anterior, onze equipes permaneceram vivas até os momentos finais. B4 e Com o espaço ficando pequeno, B4 e Vivo Keyd caíram, seguidas da FURIA, pressionada pelo gás. Do outro lado do mapa, INTZ, LOUD e Corinthians se envolveram numa confusão generalizada, que terminou somente os Intrépidos vivos. Embora tenha sobrevivido, a INTZ caiu pouco tempo depois, assim como SKS e BD Los Grandes.

Ficaram vivas apenas PRG, Team Liquid e paiN – que mais uma vez estava no centro da safe, mas acabou caindo na terceira colocação. Mesmo com Vitin jogando muito, a Prodigy não conseguiu sobressair perante a Liquid, que voltou a gritar BOOYAH na LBFF.

Liquid reascende e grita BOOYAH na última queda da noite (Foto: Garena)

A LBFF retorna no sábado, a partir das 13h, para mais uma série de seis quedas. Acompanhe as partidas ao vivo no canal do YouTube, na plataforma BOOYAH! e no SporTV 3.

Categorias: Free Fire, LBFF, Série A, Temporada 1
Tags: , ,

Deixe um comentário!