LOUD cola na Team Liquid em reta final da LBFF

Chegou ao fim mais uma semana da Série A da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) que, pela primeira vez, começou na sexta-feira à noite. Em alta, a LOUD f...

Chegou ao fim mais uma semana da Série A da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) que, pela primeira vez, começou na sexta-feira à noite. Em alta, a LOUD foi o grande destaque do domingo, 8, e fechou a semana com dois BOOYAH na conta, ficando apenas três pontos atrás da Team Liquid, ainda líder do campeonato. Já na parte de baixo da tabela, nada mudou: RED Canids e SKS seguem dividindo as últimas posições e precisarão dar o sangue para fugir do rebaixamento direto nas próximas rodadas, que encerram a primeira etapa da LBFF.

Além da LOUD, que fez dobradinha, Liquid, FURIA, INTZ e paiN Gaming também gritaram BOOYAH na 11ª rodada. Confira a classificação atualizada e o resumo das seis quedas do dia.

Bermuda – Team Liquid

A primeira queda começou com INTZ e RED Canids partindo logo cedo para trocação, que terminou com os Intrépidos perdendo três jogadores e não eliminando nenhum. Minutos depois, Supreme, o único vivo por parte da INTZ, foi eliminado pelo Morato, que confirmou o squad wipe da RED. O próximo alvo da Matilha foi a paiN Gaming, que caiu após um lança excepcional por parte do Alemão. Durante o ocorrido, várias trocações começaram a acontecer pelo mapa, resultando assim na queda de B4, Corinthians e SKS. Em sétimo, a LOUD foi eliminada pela Vivo Keyd. Mesmo mostrando proatividade, a RED caiu em sexto para a Team Liquid, ao mesmo tempo que BD Los Grandes, Vivo Keyd e FURIA foram ao chão.

Para definir o mapa, PRG e Liquid se enfrentaram no 4×4. Raposo levou dois jogadores do time adversário e os Cavalos aproveitaram o espaço, partiram para o rush e garantiram o BOOYAH. Destaque para a RED, que mesmo caindo em 6° lugar, conseguiu ser o terceiro time que mais pontuou na queda.

Team Liquid abre o dia gritando BOOYAH mais uma vez (Foto: Garena)

Purgatório – FURIA

A paiN Gaming, que caiu cedo na primeira queda, voltou a tropeçar em Purgatório e foi a primeira eliminada, desta vez pelas mãos do SCCP. Depois da queda do time tradicional, as equipes focaram nas rotações e a segunda eliminada foi a INTZ, que também caiu precocemente no mapa anterior. O primeiro grande encontro entre as equipes aconteceu no meio da partida, com os confrontos entre RED x B4 e PRG x SKS, ambos muito próximos. No final, a RED eliminou a B4 e a SKS venceu a PRG, mas caiu logo na sequência. O espaço foi ficando pequeno e a loucura entre os times começou. A líder Team Liquid caiu em sétimo e o Corinthians em sexto.

Próximo da última safe, as cinco equipes que ficaram vivas estavam em extremos opostos. RED e LOUD ocupavam a parte de cima do mapa, enquanto FURIA, Vivo Keyd e BD Los Grandes, a parte debaixo. A primeira eliminada foi a Keyd, que caiu para o time de Solotov. Em seguida, foi a vez da RED voltar para o lobby após uma jogada excepcional do ShariiN, que morreu segundos depois. A briga pelo BOOYAH ficou entre FURIA e BD Los Grandes, que estava na desvantagem no 4×2. A briga foi boa, mas os Panteras conseguiram eliminar os Dragões e garantiram a vitória no mapa.

FURIA segue marcando um BOOYAH por dia na LBFF (Foto: Garena)

Bermuda – paiN Gaming

Assim como na primeira apresentação do dia, a RED abriu Bermuda com mais um squad wipe, sendo a SKS o alvo da vez. O terceiro mapa foi repleto de confrontos, do início ao fim. Logo depois da equipe de Xabrau, foi a vez a FURIA ser wipada pelo Corinthians, no mesmo momento em que a BD Los grandes aplicava o mesmo sobre a B4. Os Dragões ainda partiram para cima da LOUD, mas ninguém foi eliminado e o time de Will optou por sair do local. 

Minutos depois, uma série de eliminações foram acontecendo. A INTZ, que tinha Moreira no lugar de L7, caiu em nono, seguida de BD e Team Liquid, que mais uma vez se foi na sétima colocação. O espaço foi diminuindo e as equipes se aproximando cada vez mais. Vivo Keyd, LOUD e paiN estavam muito próximas e a primeira eliminada foi a VK, cercada pelos outros dois times. Na sequência, a PRG voltou para o lobby pelas mãos da LOUD.

Ao final da partida, estavam vivas paiN, Corinthians, LOUD e RED Canids. A onda verde caiu em quarto para o gás e os atuais campeões brasileiros foram eliminados pela equipe tradicional. Embora tivesse vantagem de terreno, a RED não conseguiu bater a paiN no 3×3 e a equipe de Ubita levou o BOOYAH na terceira partida.

Vg e Ubita comemoram BOOYAH da paiN (Foto: Garena)

Purgatório – INTZ

Embora nenhuma equipe tenha caído cedo dessa vez, várias eliminações tomaram conta do início de partida em Purgatório. Principal protagonista, a FURIA enfrentou Team Liquid e SKS, perdeu dois jogadores, mas desfalcou as adversárias, levando dois jogadores de cada lado. Corinthians e BD Los Grandes também trocaram cedo e quem saiu na vantagem foi o SCCP, que levou 3 jogadores do time adversário, primeiro eliminado do mapa minutos depois. Enquanto a BD era finalizada, o Corinthians eliminou a RED Canids com uma performance incrível de Nobru. Sobrevivente no último mapa, a paiN caiu em décimo, seguida da Vivo Keyd, eliminada pela LOUD. Por trás, a INTZ eliminou a Team Liquid e segundo depois a B4 deitou o Corinthians. SKS caiu em sexto e em quinto foi a LOUD, pressionada pelo gás e finalizada pelo Moreira.

PRG, FURIA, B4 e INTZ sobreviveram até o final. No duelo entre FURIA x PRG, Mamute e companhia acabaram eliminados, mas a B4 foi lá e mandou a PRG de volta para o lobby. Na briga pelo BOOYAH, a INTZ abusou da vantagem de terreno, encurralou a B4 na guarita e cravou a vitória no quarto mapa.

Mesmo inconstante nas duas últimas rodadas, INTZ mantém a média de pelo menos um BOOYAH por rodada (Foto: Garena)

Bermuda – LOUD

Parecendo replay do segundo confronto em Bermuda, o Corinthians – com Level Up – marcou um squad wipe em cima da paiN Gaming – que tinha Anon no lugar de Ubita – logo no início da partida. A queda, diferente das quatro anteriores, foi uma das mais tranquilas e as eliminações demoraram a acontecer, mesmo com os times muito próximos no mapa. A primeira movimentação agressiva foi da FURIA, que avançou na B4 e eliminou os Bastardos. Em seguida, a INTZ caiu frente ao time da RED Canids, prontamente eliminado pelo Corinthians, que sem perder tempo, avançou em direção a BD Los Grandes, mas ficou cercado pela Vivo Keyd. Enquanto tudo isso acontecia de um lado, a FURIA era eliminada pela Team Liquid do outro. Desfalcado, o SCCP se entregou para o gás e caiu em sexto, seguido da Liquid.

O mapa foi se fechando e a LOUD tinha o melhor posicionamento no centro da safe. VK e BD Los Grandes, que cercaram Will e companhia conforme o espaço foi ficando pequeno, acabaram caindo nas quarta e terceira colocações, respectivamente. Na vantagem de terreno e de jogadores no 4×3, a LOUD foi superior, levou a melhor na trocação e garantiu o BOOYAH. Destaque para o Vini, que terminou a queda com nove abates, sendo um dos principais jogadores do seu time na vitória.

Purgatório – LOUD

O último mapa foi um dos mais rápidos desde a primeira rodada da Liga Brasileira de Free Fire. Depois de um início frio, com direito a pausa, as equipes voltaram com tudo e as eliminações foram acontecendo sem parar. O primeiro time que caiu foi o Corinthians, eliminado pela paiN Gaming. Em seguida, a Team Liquid marcou um squad wipe em cima da B4, enquanto a SKS caia para a INTZ. Praticamente no mesmo instante, a Vivo Keyd caiu e a LOUD deitou Peu e companhia. A RED foi eliminada pela PRG e os Intrépidos caíram nas mãos da FURIA, que logo em seguida voltou para o lobby, assim como a PRG.

Para brigar pelo BOOYAH, restaram paiN Gaming, BD Los Grandes e LOUD – a única com quatro jogadores. Depois de eliminar o ANON, a LOUD partiu para cima da BD e mandou os Dragões de volta para o lobby. Sem chances no 4×1, Geerty se entregou para o gás e confirmou o segundo BOOYAH da LOUD no dia. 

LOUD fecha última rodada da Semana 5 com chave de ouro (Foto: Garena)

A Liga Brasileira de Free Fire retorna na sexta-feira, às 18h, e nos próximos sábado e domingo, à partir das 13h, para mais uma semana de 18 quedas. Acompanhe ao vivo no YouTube, na plataforma BOOYAH! e no SporTV 3 (somente aos sábados).

Categorias: Free Fire, LBFF, Série A, Temporada 1
Tags: , , ,

2 Comments

  1. Alan

    10 de março de 2020 at 15:52

    Muito top!

    Reply
  2. Alan

    8 de março de 2020 at 16:59

    Top demais!!!

    Reply

Deixe um comentário!