“Ouvirão falar muito da gente ainda”, diz Eagle, do Cruzeiro, em recado à torcida

Eagle, técnico da equipe de Free Fire do Cruzeiro eSports, comentou a situação do time na C.O.P.A FF, falou sobre a Série C e deixou recado para a torcida.

Mesmo com mudanças após o desempenho não tão satisfatório na Série C, o Cruzeiro eSports tem tido dificuldades na C.O.P.A Free Fire. Ainda que, ao longo das nove rodadas já disputadas, a Raposa tenha apresentado bons momentos, os mesmos não se mantém constantes e por isso a equipe amarga a última colocação do torneio com 247 pontos, 64 a menos que a Team Liquid, última equipe na zona de classificação.

Em entrevista ao site, Eagle, técnico do time, comentou com relação às primeiras três semanas do Cruzeiro no campeonato online.

“Foram um pouco abaixo do esperado. Estávamos vindo de bons resultados nos treinos, mas na C.O.P.A o estilo de jogo de todos os times mudou drasticamente, o que forçou a gente a arriscar novas estratégias para nos adequarmos ao nível do campeonato”, disse.

Eagle apontou que, embora a equipe não tenha ido bem nas duas primeiras semanas, os resultados apresentados na terceira semana foram melhores, o que mostra que o Cruzeiro está evoluindo constantemente.

“O nosso rendimento aumentou e tivemos mais constância na última semana. Mudamos algumas estratégias, arrumamos alguns pontos e vamos com tudo para buscar a parte de cima da tabela nas próximas semanas”, continuou.

Leia também: Boletim #CopaFF: confira tudo o que rolou na Semana 3 da competição

O que mais tem prejudicado o Cruzeiro, segundo o técnico, é a falta de entrosamento e a leitura errada do jogo, dado que o time é recém-formado.

“Estamos nos adaptando ainda, somos uma line nova e fomos forçados a fazermos alterações de última hora dentro do jogo. O maior problema para a gente vinha sendo a safe, que 90% das vezes fechava distante, nos obrigando a fazer uma rotação muito grande e, consequentemente, dificultando nossa entrada”.

Confira mais da entrevista com o Eagle:

Principais diferenças entre as equipes das Séries A e C

“Na Série C tinham inúmeros times extremamente bons, mas que não tinham experiência alguma. Na Série A, as equipes além de boa jogabilidade, contam com uma experiência que é de outro mundo, é outro jeito de jogar, pensar e agir. Está sendo um grande aprendizado para gente, principalmente no quesito estratégia, onde estamos evoluindo cada dia que passa. O que mais surpreendeu a gente foi a velocidade de rotação dos times, a forma que buscam o meio da safe, deixando às vezes até de lotear. Estes são pontos que diferenciam muito as equipes da Série C em relação às da Série A”.

Diálogo com os torcedores

“Para a torcida, deixamos o seguinte recado: vocês ainda não viram o nosso máximo, estamos mudando nossas estratégias e o último final de semana foi a prova de que está funcionando. Ainda temos 48 partidas para pontuar antes das finais e vamos nos dedicar cada dia mais para nos classificarmos e apresentarmos um ótimo rendimento. Ouvirão falar muito da gente ainda, podem anotar!”.

Categorias: C.O.P.A. Free Fire, Free Fire
Tags: , , , ,

Deixe um comentário!