Image Alt
  /  Free Fire   /  Cruzeiro estreia bem na Série A da LBFF com chegada de Cebotiva

Cruzeiro estreia bem na Série A da LBFF com chegada de Cebotiva

Depois de um apresentação abaixo do esperado na C.O.P.A. Free Fire, o Cruzeiro eSports renovou seu elenco e entrou com tudo na 3ª etapa da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF). Entre as principais contratações da Raposa, está a dupla Cebotiva, a união entre os jogadores Cebolinha e Nativa – campeão do Rei do Solo.

O Cruzeiro estreou muito bem para um time que é mais “novo”, não temos nem um mês juntos mas o entrosamento parece de uma equipe que está junta a um ano”, comentou Nativa, que ao lado de Cebolinha, representou a Los Grandes na C.O.P.A. Free Fire.

Bem, com a entrada do Cebotiva, o time ficou completo e bem mais forte do que era antes, muito por causa do entrosamento que construímos juntos. Foi bom até mesmo para os jogadores que já estavam na equipe, deu um gás para todo mundo”, continuou a dupla que, no Cabuloso atua ao lado de Igzinn, Horus – remanesces do elenco antigo – e Boyka, também recém-chegado.

Depois das seis quedas que jogou no domingo, o Cruzeiro terminou o primeiro dia de Liga Brasileira no 8º lugar com 118 pontos no total, somando um BOOYAH!, 58 pontos por colocação e 30 pontos por abate (15 abates). O que mais impressionou, além do trabalho em equipe, foi a agressividade apresentada pelo Cabuloso ao longo das partidas. 

Agora nós jogamos mais agressivos, pelas pontas, e vamos para cima. É o que podem esperar do Cruzeiro até o final do campeonato. Estamos jogando de um jeito diferente e não corremos de nenhum time”, pontuou a dupla. 

O Cruzeiro chegou na Série A através da Série C, conquistando a vaga de outra equipe que acabou eliminada por não cumprimento das regras. Na C.O.P.A. Free Fire, o elenco não se saiu bem e fechou a campanha como um dos piores times do campeonato, na 16ª colocação. O único BOOYAH! da Raposa no campeonato aconteceu nas últimas rodadas antes da final e, curiosamente, foi contra a Los Grandes, com Cebolinha e Nativa na equipe titular. De casa nova, o objetivo da dupla e dos demais companheiros é claro: ser campeão e orgulhar a torcida Cruzeirense. 

Novo time do Cruzeiro eSports no Free Fire (Foto: Divulgação/Cruzeiro eSports)

O foco total é no título, queremos ser campeões. Um recado para a torcida: a gente precisa muito do apoio de vocês e vamos dar muito orgulho, daremos o nosso máximo e não vamos abaixar a cabeça para ninguém, vamos para cima de todo mundo, porque somos “cabulosos” (risos). #GOCRZ!”, exaltou.

Leia também:

Deixe um comentário!

a
This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

follow us on: