#LBFF – 3ª etapa: Boletim da Semana 3 da Série A

A Semana 3 da 3ª etapa da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) aconteceu nos últimos sábado e domingo, com duas rodadas bastante disputadas. Leia o boletim.

A Semana 3 da 3ª etapa da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) aconteceu nos últimos sábado e domingo, com duas rodadas bastante disputadas, principalmente na parte de cima da tabela, que teve várias equipes passando pela liderança. O mandante da semana foi o Grupo C, que no sábado recebeu as equipes do Grupo A e, no domingo, os representantes do Grupo B. 

No sábado, o Santos brilhou fazendo o BOOYAH! três vezes, sendo duas em Kalahari e uma em Purgatório. Fazendo um jogo agressivo, com bons posicionamentos nas últimas safes, o Peixe bateu o recorde de BOOYAH! em uma rodada da LBFF e dormiu na liderança do campeonato; foram 176 pontos somados na 5ª rodada. Fora isso, o Santos também foi a equipe que mais abateu no sábado, com 44 eliminações, sendo one9 e Lobato4x os líderes da rodada 16 e 15 eliminações, respectivamente. 

Leia o resumo das quedas do sábado, 5/9

Solotov exaltou a formação do Santos, pontuando que a equipe “é a única que não mudou o time durante o campeonato e manteve-se regular”. 

SS, INTZ e Black Dragons também triunfaram no sábado. Bem como o Santos, a SS buscava a liderança da competição, mas não teve sucesso; apesar de um momentos incríveis, a equipe de Antunes ainda não se mostrou capaz de manter a regularidade em todos os mapas, o que não é o caso da Black Dragons, muito constante na competição. Por outro lado, quem apareceu e fez o BOOYAH! também foram os Intrépidos, que ainda buscam se encontrar no campeonato.

É uma equipe muito antiga, o entrosamento deles é muito bom, mas não estão conseguindo encaixar o jogo nessa LBFF”, comentou Solotov com relação a INTZ e, em seguida, completou comentando o desempenho da SS em relação à C.O.P.A. Free Fire:

Eles estão mais confiantes, como o Cauan mesmo disse durante a entrevista, eles não estão com medo de ninguém, estão chegando sem medo e jogando “o fino”, administrando bastante (as vantagens que consegue), encaixando algumas eliminações e trabalhando bem o individual dos jogadores”.

Indo para o domingo, o rubro-negro carioca quebrou no meio os planos do Santos e assumiu a liderança do torneio. Em um dia equilibrado, o Flamengo B4 foi o único que fez o BOOYAH! duas vezes, com direito a quebra de recorde no final da primeira queda: foram 17 eliminações somadas pelo elenco Bastardo, que quebrou o próprio recorde somando o mesmo número de eliminações em uma partida.

Bermuda e Purgatório foram os palcos das vitórias do Mengão que, assim como o Santos, terminou líder em todas as estatísticas: 157 pontos e 40 eliminações colocaram a equipe de Modestia, capitão do elenco desde a Campeonato do Alok, à frente do Peixe. Enquanto isso, outras equipes tentaram se reerguer ao longo das seis quedas; a INTZ foi o segundo time que mais pontuou e fez um BOOYAH!, enquanto LOUD e Corinthians, mesmo sem ter sido sobreviventes, foram os times que mais abateram e tiveram um destaque individual na lista de eliminações.

Leia o resumo das quedas do domingo, 6/9

O time da LOUD é muito forte e tem muitos jogadores bons, então as mudanças elas são realmente necessárias. Acredito eu que tudo tem seu conceito ali, Kalahari é um mapa que tem muito pixel então eles procuram explorar a galera que já joga mais em cima desse pixel, aqueles que utilizam bastante a AWM no aberto. Por exemplo, o Vinizx, além de jogador na padrão, ele joga muito de AWM, assim como o Brabox e o Kroonos, que são muito bons precisos em mira. As mudanças no time são necessárias, a gente sabe que o ShariiN é um excelente jogador, que pode fazer a diferença com um lança-granadas em mãos”, comentou Pfonn sobre a LOUD, que pela primeira vez trouxe o ShariiN em Purgatório e o jogador fez a diferença. 

Cruzeiro, Team Liquid, Vivo Keyd e paiN Gaming foram as outras equipes que venceram no último domingo; das citadas, o que mais surpreende é a paiN, que começou bem no campeonato, mas foi perdendo o embalo com o tempo. 

Não estamos acostumados a ver a paiN jogando dessa forma, o time não tem sido aquele agressivo, que pontua bastante com abates, mas é claro que toda a equipe vive uma fase ruim, uma fase boa e a gente tem que entender que são jogadores novos, são moleques e com certeza eles ainda vão encaixar na competição, tem muita coisa pela frente”, levantou Pfonn sobre a paiN.

Em contrapartida, quem tem evoluído cada vez mais é a Vivo Keyd, que marcou mais o BOOYAH! no domingo. “O time da Vivo Keyd é muito bem conceituado no cenário competitivo, é uma equipe muito forte”, disparou Pfonn.

Cruzeiro e Team Liquid seguem constantes e são equipes que brigam forte pelas primeiras posições na tabela, que terminou mais uma vez praticamente dominada pelo Grupo A na parte de cima. Entre os times, somente a Los Grandes não está no G-10.

Veja como ficou a classificação no final da Semana 3:

Briga nos abates

Depois de mais uma rodada incrível do Flamengo, Modestia atingiu 35 abates e segue na briga pelo pódio, dividindo-o com o mvr, do Santos, que terminou a Semana 3 com o mesmo número de eliminações. Martins, com 34; Cauan, com 33; e MEMGOD, com 31, fecham a lista.

Calendário – Semana 4

Rodada 07, Sábado (12/09) – A x B
Rodada 08, Domingo (13/09) – A x C

Acompanhe a Liga Brasileira de Free Fire ao vivo todos os sábados e domingos a partir das 13h nos canais oficiais do Free Fire no YouTube e na BOOYAH!, plataforma de streaming oficial da Garena, assim como nos canais SporTV.

Categorias: Free Fire, LBFF, Série A
Tags: , , ,

1 Comment

  1. ALAN

    7 de setembro de 2020 at 15:28

    Segue o líder tropa!!!

    Reply

Deixe um comentário!