Série A: SS faz trinca e entra na briga pela liderança na LBFF

A SS fez o BOOYAH! três vezes, sendo uma em Kalahari e outras duas em Bermuda. FURIA, GOD e Black Dragons completaram. Veja como foram as quedas.

Avassalador: assim foi o dia da SS na 14ª rodada da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) neste domingo (4). A equipe de Leal e Antunes, líderes em abates na rodada, fechou a sétima semana da LBFF com 159 pontos, 41 eliminações e incríveis três BOOYAH!, sendo dois nas quedas em Bermuda. Foi o melhor dia da SS na competição e, de quebra, a equipe se credenciou para brigar pela primeira colocação, se aproximando de Santos e Black Dragons no Top 3. 

FURIA, GOD e BD fizeram o BOOYAH! nas outras partidas do dia. Veja o resumo:

Queda 1 – Purgatório
BOOYAH! – FURIA (+36 pontos)

Na primeira queda do dia vimos um Cruzeiro com muito apetite, querendo pontuar bastante para garantir uma posição mais confortável na tabela. A ideia foi de adotar um posicionamento mais ofensivo e ir para o rush com tudo: deu certo. Com 11 abates, a equipe mineira conquistou uma boa pontuação e terminou a queda com 28 pontos.

Entretanto, o BOOYAH! acabou indo para uma equipe que conseguiu aliar agressividade e posicionamento: a FURIA. Os Panteras, depois de bons duelos com RED Kalunga e GOD, conseguiram sobreviver graças a um bom posicionamento em uma região mais alta do mapa, o que lhes deu vantagem para fazer o squad wipe na própria GOD e vencer no primeiro Purgatório do dia.

Queda 2 – Kalahari
BOOYAH! – SS (+48 pontos)

O começo do show da SS foi logo em um mapa em que ela não vinha tão bem: Kalahari. Esse deserto vermelho tinha sido o terror da SS até o momento na LBFF, mas hoje eles encontraram o caminho das pedras – ou melhor, da areia – e venceram com um BOOYAH! espetacular: 14 abates e 48 pontos.

E, novamente, foi uma equipe que se posicionou em um local alto no mapa que teve a vantagem para vencer uma partida. No caso da SS, depois de uma queda mais posicional e colhendo abates fortuitos, no confronto final, que reuniu também RED Kalunga e INTZ, a precisão fez a diferença e foi crucial para Antunes e Leal brilharem na precisão.

Queda 3 – Bermuda
BOOYAH! – SS E-Sports (+32 pontos)

Em sua dobradinha, a SS mostrou recurso. Dessa vez menos agressiva, porém mais estratégica, a equipe se baseou mais no posicionamento, bom uso do gelo e uma previsão da safe zone com precisão. Foram apenas seis abates, contudo, com uma calma e maestria impressionantes, já que Cruzeiro e Corinthians, as outras duas equipes que duelavam ao final da queda, estavam se enfrentando.

Queda 4 – Purgatório
BOOYAH! – GOD (+30 pontos)

Desde ontem a GOD buscava o BOOYAH! e finalmente conseguiu! Depois de um bom confronto com FURIA e INTZ, os Deuses conseguiram terminar a queda sem perder ninguém, lembrando um pouco do que fez no sábado, quando foi uma das melhores do dia. Foram apenas cinco abates, é verdade, mas quase todos realizados ao final da queda. 

O BOOYAH!, aliás, mostrou uma faceta interessante da GOD, que sempre se notabilizou por ser uma equipe agressiva. Ao evitar confrontos desnecessários, o time parece ter chegado para enfrentar INTZ e FURIA com a cabeça fria, o que, claro, pode ter te ajudado a garantir abates precisos.

Queda 5 – Kalahari
BOOYAH! – Black Dragons (+36 pontos)

A Black Dragons, uma das líderes do campeonato, não vinha bem no domingo. Com participações apenas burocráticas, a BD precisava fazer algo de diferente para tentar ultrapassar o Santos, que também não vinha bem, mas estava pontuando mais. Ao final da queda em Kalahari, o time, que é um dos melhores no mapa, não tinha abates, mas estava entre os quatro melhores.

E foi ali que tudo começou a mudar e o BOOYAH! aconteceu. Com 36 pontos e oito abates, a BD teve uma “explosão”, por assim dizer, que fez com que ela acordasse. Bem protegido, mas longe da safe, o time foi acumulando kills e capas bem precisos contra Cruzeiro e a GOD.

Com o gás batendo, a Vivo Keyd acabou se apresentando como a rival que sobrou para garantir o BOOYAH!, mas não seria fácil. Isso porque ambos os times estavam longe e no limite do gás, que poderia ser decisivo – mais uma vez. No entanto, deu tempo da BD ir para cima da VK, com um belo desempenho coletivo e todos os jogadores marcando duas kills cada. Com isso, naquele momento, Santos e Black Dragons empatavam na ponta da tabela.

Queda 6 – Bermuda
BOOYAH! – SS (+48 pontos)

Outro show da SS. Dessa vez, na volta à Bermuda, o time mostrou seu Free Fire característico: dominante e agressivo. Este BOOYAH!, aliás, teve, novamente, 48 pontos e 14 abates e foi a 11ª queda vitoriosa da equipe, a segunda melhor nesse quesito.

Depois de colher abates durante toda aqueda, o confronto final definiu uma pontuação ainda maior para a SS e, novamente, com Santos e Corinthians na jogada, equipes com objetivos bem diferentes, mas que precisavam mostrar serviço igualmente. Com um bom desempenho de Leal e Antunes, a vitória veio em uma trocação tripla e com o auxílio do gás, muito bem utilizado pela SS.

Destaques da rodada

Tabela


A LBFF retorna na próxima semana, nos sábado e domingo, a partir das 13h, com o Grupo B recebendo os C e A, respectivamente. Acompanhe a transmissão ao vivo no canal do YouTube e na BOOYAH!. Fique ligado nas redes sociais oficias da Garena no TwitterFacebook e Instagram.

Categorias: Free Fire, LBFF, Série A
Tags: , , , ,

Deixe um comentário!