FLUXO LBFF CAMPEÃO

LBFF 4 – FLUXO supera LOUD no desempate e conquista título

Confira os destaques da grande final da LBFF 4, que consagrou a equipe do Fluxo como campeã. Além deles, a LOUD representa o Brasil na FFWS

Finalmente chegou o momento mais aguardado da 4ª temporada de LBFF. Na grande final, realizada no dia 20 de março, o Fluxo conquista o título. O time liderado por Nobru teve um desempenho consistente durante todo o dia e o título chega no critério de desempate – a LOUD somou os mesmos 103, mas sem BOOYAH!’s. Ambos os times serão os representantes do Brasil na FFWS, que acontece em maio.

JapaBKR se destaca como o primeiro bicampeão brasileiro de Free Fire e o Cruzeiro fica com a terceira colocação.

Classificação da Final da LBFF – Fluxo conquista o título

Veja os destaques das nove quedas disputadas na grande final:

Queda 1 – Purgatório

BOOYAH: Corinthians (+22 pontos)

O primeiro BOOYAH! foi para o Timão. Desde o começo da queda, o time procurava por eliminações e garantiu um excelente posicionamento na ultima safe.

A queda ficou marcada por um início explosivo da LOUD e da FURIA, que acabaram ficando pelo caminho. Fluxo caiu em quarto, com 11 pontos.

Mas, liderando as eliminações, o Corinthians não deu chance para os adversários – foram 10 abates na queda, somando 22 pontos e começando a final assumindo a liderança. Meta Gaming e Cruzeiro fecham o top 3, com 15 e 13 pontos, respectivamente.

Queda 2 – Kalahari

BOOYAH: Corinthians  (+22 pontos) 

O Corinthians garantiu a dobradinha do dia, chegando mais uma vez bem posicionado no final da queda e buscando abates com um estilo de jogo agressivo. Com o segundo BOOYAH!, o time passou a figurar como um dos favoritos ao título – o Bando de Loucos somava 20 abates e 44 pontos no até então.

Uma queda marcada por um mau início de três favoritas ao título: FURIA e LOUD foram eliminadas e o Santos perdeu dois de seus jogadores. A SS-eSports, atual campeã, se deu bem, wipando o time do Santos.

Cruzeiro fechou a queda em segundo lugar, com 17 pontos e marcando um ótimo início de final. Fluxo, B4 e Team Liquid somaram 11 pontos.

Queda 3 – Bermuda

BOOYAH: Vivo Keyd (+18 pontos)

Um final marcado por um 2×2 sensacional entre LOUD e Vivo Keyd, com direito a chuva de granada de Cauan. Mas DeadGOD brilhou e garantiu o BOOYAH! para a Vivo Keyd. A atual vice campeã somou 18 pontos, com 6 abates. A LOUD liderou a queda, somando impressionantes 23 pontos, mesmo sem o BOOYAH!.

Dessa vez, o Corinthians foi punido logo no início, perdendo seu ingame leader, Zenac, e precisando jogar de uma forma mais conservadora durante a queda.

Mas a queda também foi marcada por um grande confronto entre LOUD e Fluxo. Melhor pra LOUD, vinha num grande momento, anotando 13 abates e conseguindo um bom posicionamento para o fechamento da ultima safe. A FURIA também veio pra tentar dominar o topo da competição e somou 12 pontos, em terceiro lugar.

Queda 4 – Purgatório

BOOYAH: Fluxo (+20 pontos)

Uma rotação perfeita do Fluxo que, mesmo sem Nobru, garantiu o high ground e eliminou o Corinthians – mostrando que a lei do ex existe. O BOOYAH!, primeiro da equipe em Purgatório na temporada, veio com a eliminação do jogador remanescente da Meta Gaming. Com 10 abates, o Fluxo somou 20 pontos, assumindo a segunda colocação temporariamente.

A FURIA chegou na quarta queda disposta à se recuperar e se aproveitou de um confronto entre Cruzeiro e Santos: garantindo 3 eliminações, amassou o time do Peixe. Mas acabaram sendo wipados pelo time do Fluxo, que colocava seu nome como forte candidato ao título.

Corinthians seguia na luta, garantindo o topo 2 da queda, com 14 pontos. Meta Gaming fecha o top 3, com 13 pontos.

Queda 5 – Kalahari

BOOYAH: SS e-Sports (+19 pontos)

Um lindo confronto no final e os atuais campeões mostram porque merecem ser respeitados. No final da queda, Fluxo e SS e-Sports travaram o duelo mais quente da final. E o BOOYAH! vai para os defensores do título, com grande jogada de Aranha. Com 7 abates, a SS soma 19 pontos e volta pra briga da LBFF 4.

O Santos, um dos favoritos ao título e ao MVP, não veio bem na grande final. Prova disso é o squad wipe recebido logo no início da queda, aplicado pelo time do Cruzeiro.

Team Liquid se saiu bem e somou 19 pontos. Fluxo soma 14 e terminava a queda a apenas 1 ponto da liderança.

Queda 6 – Bermuda

BOOYAH: SS e-Sports (+23 pontos)

Tivemos problemas na transmissão, mas a queda aconteceu normalmente. Os destaques ficam para o segundo BOOYAH! da SS e-Sports e o Fluxo assumindo a liderança, com 89 pontos.

Queda 7 – Purgatório

BOOYAH: Meta Gaming (+24 pontos)

Um BOOYAH! com quebra de recorde: em grande desempenho, Lost21 garantiu nada menos que 11 abates para sua equipe e se tornou o jogador com maior número de abates em uma única queda. A Meta Gaming somou 24 pontos e tentou entrar na briga pelo topo na grande final.

Os destaques da queda ficaram por conta da Team Liquid, que finalizou com 13 abates e o top 3 na queda. LOUD, com uma queda bem agressiva, somou 19 pontos, garantindo o top 2.

Queda 8 – Kalahari

BOOYAH: Corinthians (+18 pontos) 

A queda definiria os times que disputariam o título. Em final disputada contra a LOUD, o Timão garantiu a trinca e somou 18 pontos, encostando na liderança.

Na disputa direta pelo título, a LOUD aproveitou para somar importantes pontos com o Fluxo sendo eliminado logo cedo e zerando a queda. Com 16 pontos, o time deixa a decisão da LBFF 4 para a queda final. Santos garantiu o top 1 da ultima Kalahari do dia, somando 20 pontos.

Queda 9 – Bermuda

BOOYAH: Cruzeiro (+27 pontos)

A ultima queda coroou o Fluxo como grande campeão da LBFF 4. Mesmo com o grande BOOYAH! conquistado, o Cabuloso termina a competição em 3º lugar. A LOUD é vice-campeã, empatada em pontos com o Fluxo, mas com 1 BOOYAH a menos.

O MVP

111 abates em 81 quedas, esse foi o desempenho do grande MVP da edição: Ruan, do Santos e-Sports.

Esses foram os destaques da grande final da LBFF, que retorna no dia 03 de abril, com as disputas do grupo de acesso, que define os integrantes da Série A da próxima temporada. Acompanhe ao vivo, à partir 13h, nos canais oficiais do Free Fire no YouTube e na BOOYAH!.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF
Tags: , ,

1 Comment

  1. Anderson Rafael Tomas Martins

    20 de março de 2021 at 21:18

    Parabéns team FLUXO muito merecida a Vitória com esse projeto a partir do 0 sou muito fã do CEROL e do NOBRU cara eles sao demais … GO FLUXO gritei demais quando vcs ganharam
    OBS: meus pais acharam que eu fiquei loko… kkkk
    me chamem pra jogar um dia NICK: SHG.LORDE
    soh deixo o Instagram pra caso vcs querer jogar cmg:
    @SHG.LORDE

    Reply

Deixe um comentário!