mestre k9

Mestre K9, o acaso que deu certo

Caiu no Free Fire por acaso e se tornou um dos maiores nomes do jogo. Conheça um pouco da história de Luiz Alberto "K9", técnico do Fluxo

Imagina um mundo onde o maior técnico do cenário de Free Fire no Brasil é um eterno vice? Bem-vindos ao mundo Luiz “K9” Alberto, carinhosamente (e merecidamente) apelidado de Mestre. Brincadeiras à parte, o trocadilho “morreu” na última temporada, quando K9 foi campeão da Liga Brasileira de Free Fire como treinador do Fluxo

Duas vezes o técnico da Seleção LBFF, na terceira e na quarta edição, o baiano de 25 anos caiu de paraquedas no Free Fire. K9 entrou nesse mundo “por acaso”. 

Inscreveu-se sem pretensões na FFPL 1, onde foi vice pela primeira vez, mas se classificou para o primeiro Mundial da modalidade, a World Cup, em Bangkok, que teve a EVOS, da Indonésia, faturando o título. Luiz era parte da GPS Veteranos, que terminou a competição em sexto lugar, mas pelo menos teve Kroonos sendo eleito o melhor do mundo. 

Kroonos, que hoje se destaca na LOUD, foi o cara que mais apoiou o Mestre K9 no início de sua carreira – inspirada em Ronaldo Fenômeno. Faz até sentido, se levar em consideração que o seu maior objetivo é ganhar muitos títulos – nada mais justo depois de quatro vices acumulados. 

k9 vivo keyd
K9 foi um dos pilares que fez elenco novato da Vivo Keyd quase ser campeão brasileiro (Foto: Cesar Galeão e Bruno Alvares)

K9 teve a oportunidade de treinar Kroonos uma temporada na Vivo Keyd, sua casa após ter saído da Golpistas. Foi seu primeiro desafio como técnico, e mesmo disputando várias competições, desde a FFPL 2 até a LBFF 3, K9 não foi campeão de nada, apenas vice. Isso, no entanto, não apagou de maneira nenhuma o brilho do técnico, só deixou em evidência a sua constância de resultados. 

Devido a inúmeros motivos, os troféus não chegaram até sua prateleira, mas isso não foi o suficiente para tirar do homem o título de maior técnico do cenário nacional. Estratégico, boa pessoa, amigo, um treinador que pensa fora da caixa.

k9 fluxo
Mestre K9 conduz o Fluxo com um sorriso no rosto (Foto: Bruno Alvares e Jéssica Liar/Garena)

De Paripiranga, onde nasceu e conheceu os colegas de faculdade que o apresentaram o Free Fire, para ser um dos protagonistas do mesmo. Prazer, K9. 

Mais uma vez, depois de ganhar o principal título nacional e desbravar o mundo em Singapura, K9 chega junto com o Fluxo para apagar de vez a fama de rei do segundo lugar. Dois vices consecutivos foi realidade no passado, porque dois títulos não podem ser a realidade do futuro?


Mais:

Categorias: Free Fire, LBFF
Tags: , , ,

Deixe um comentário!