stiqzL

Análise da jogada – O Triple Kill de stiqzL

StiqzL, num momento complicado, conseguiu reverter a situação em um belo triple kill em cima da Miners. Confira como foi na análise da jogada

Durante o sábado (10), os grupos A e C se enfrentaram e movimentaram a tabela do jogo. Na quarta queda, o time da paiN Gaming cruzou com a Netshoes Miners numa situação bem complicada. Porém, José “stiqzL” Kaique, fez um triple kill lindo usando sua Bau Bau.

Confira como foi a jogada, passando por três pontos: sua construção, buscando entender toda sua execução; análise da jogada em si, olhando seus pontos principais e, por último, extrair valiosas lições.

A construção da jogada

paiN e Miners buscam ganhar pontos para avançar na tabela. Enquanto a paiN busca sair da zona de rebaixamento, a Miners quer se firmar no top 12 e conseguir a tão sonhada classificação para a grande final.

Na quarta queda de sábado, a paiN buscava chegar na zona segura e encontrou os jogadores da Miners, melhor posicionados e que tentaram punir a rotação dos Tradicionais. Assim, em uma posição desfavorável e em um ambiente caótico, stiqzL brilhou com sua Bau Bau, andando de parede em parede e eliminando aqueles em seu caminho.

O Triple Kill de stiqzL

Com a safe fechando, os times começaram a se movimentar e trocar ataques. A posição da Miners era mais favorável: a equipe estava mais próxima da zona segura e podia pensar melhor suas decisões enquanto se movimentava.

Num momento inteligente por parte do stiqzL, ele conseguiu ver janelas de oportunidades. Primeiro, ele viu um dos jogadores da Miners isolado e começou a lançar algumas granadas. Com isso, ele fez o primeiro abate e partiu para mais eliminações. Enquanto isso, seus companheiros foram abatidos, um a um, pelos jogadores da Miners e pelo dano do gás. Por fim, stiqzL avistou Nativa e Cebolinha e eliminou ambos.

A jogada de stiqzL permitiu que a paiN Gaming sobrevivesse mais um pouco na queda, terminando em quinto lugar e somando 9 pontos.

Lições aprendidas

Da jogada orquestrada por stiqzL conseguimos extrair duas lições. A primeira é a forma com que o craque lidou com a pressão enquanto era atacado e, ao mesmo tempo, precisava fugir. A segunda, é a forma com que ele lidou com as desvantagens de sua equipe no momento.

Devemos ter atenção dobrada em situação em que estamos tomando dano do gás e, ao mesmo tempo, sendo atacados por alguma equipe. Primeiro, procure saber de onde vem o ataque e, em seguida, decida se irá contra-atacar ou se defender. Na ocasião, stiqzL decidiu contra-atacar – o que foi uma decisão sábia.

Por fim, se movimente de forma que, ao chegar na safe, consiga ver os inimigos e saber como eles estão. Outra forma de lidar com isso de forma segura, é utilizar granadas no caminho dos oponentes. Dessa forma, você incomoda e pode até garantir alguns abates.

161Por outro lado, caso você esteja em situação semelhante à da Miners, tenha calma para conseguir os abates, mesmo com a vantagem de posicionamento. A decisão entre ser agressivo e seguir um caminho seguro é muito importante e faz a diferença, ainda mais no cenário competitivo. O caminho seguro pode ser mais vantajoso: se posicione bem e recepcione seus adversários.Agora, caso vocês estejam do outro lado, você tem que tomar uma decisão bem sábia. Por mais que a posição seja favorável, a ânsia de conseguir abater os oponentes, principalmente no competitivo, é muito forte. Decidir se você vai agressivar ou vai seguir um caminho seguro, é algo muito importante. Então, em partidas comuns, o caminho seguro, normalmente, é muito melhor. Se posicionar num local seguro e montar a ‘recepção’ aos seus oponentes, por muitas vezes, resulta num confronto melhor.

Por fim, a LBFF 5 volta no próximo sábado, dia 17 de julho e as transmissões começam a partir das 13h (horário de Brasília) no canal oficial do Free Fire no YouTube e na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena.

Acompanhe as redes sociais da Garena no FacebookInstagram e Twitter

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A

Deixe um comentário!