Booyah! – A busca pelo inédito da FURIA

A FURIA teve uma campanha consistente na fase de grupos e chega para a grande final sem poder ser menosprezada em busca de um inédito título.

Esperava-se muito da FURIA. Considerada uma das grandes favoritas ao título da LBFF 5 depois de uma bela quarta temporada, a equipe liderada por Memgod teve um desempenho mediano durante todo o split e chega na grande final sem poder ser menosprezada. Confira os detalhes da campanha dos Panteras.


Posição: 10º lugar
Pontos:
574
Booyahs!: 6
Abates:
242
Pontos por colocação:
332
Destaque:
Memgod


Média de pontos por rodada

Não se pode dizer que a FURIA não foi consistente durante a fase de grupos da quinta temporada. O desempenho pode não ter agradado a torcida, afinal a equipe fez apenas três rodadas com média igual ou superior a 10 pontos por queda, mas foi o suficiente para uma classificação tranquila.

Com um início de temporada correto, a FURIA foi aos poucos se encontrando no meta do Free Fire, até dominarem completamente a 11ª rodada, com 67 pontos – e a conquista do 1000º abate na história da LBFF. Mas a rodada perfeita dos Panteras precedeu uma queda notável de desempenho e, pouco depois, a equipe teve seu pior desempenho na temporada, conseguindo apenas 5,83 pontos por queda na 13ª rodada.

Ainda assim, a equipe chegou com certa tranqulidade nas últimas rodadas da fase classificatória. Precisando de apenas 23 pontos para superar a INTZ, a equipe não se sentiu ameaçada e conseguiu um belo desempenho, que dá uma prévia do que eles trarão pra grande final.

Média de pontos por rodada da FURIA

Desempenho por mapa

Enquanto a grande força da FURIA está em Kalahari, mapa onde a equipe pode mostrar toda sua agressividade, Bermuda pode ser uma pedra no sapato na busca pelo título inédito. Nesse sentido, a FURIA só superou a rebaixada Team oNe em pontos no mapa mais clássico do Free Fire. Com apenas 148 pontos e 1 Booyah, Bermuda deve ser um dos focos do treinamento dos Panteras durante a semana.

Por outro lado, Kalahari pode garantir um bom resultado na final. Os 221 pontos e 3 Booyahs conquistados no mapa dão à equipe o quarto melhor desempenho no mapa, empatados com a Meta Gaming.

Por fim, Purgatório é um mapa onde os Panteras se garantem. Com 205 pontos, 2 Booyahs e 82 abates, a equipe tem uma boa média de pontos.

Pontuação e abates por mapa da FURIA

As estrelas furiosas

Não é de hoje que Memgod é um dos destaques da LBFF. Depois de ser um dos fortes candidatos ao MVP da quarta temporada e figurar na seleção da temporada, a estrela é o grande destaque da equipe no split. Responsável por 35% dos abates da equipe, Memgod é o nome que pode guiar a equipe na busca pelo tão sonhado título.

Além disso, BIELGOD7 e One9! conseguiram uma boa média de eliminações e já são nomes conhecidos da equipe que não trouxe novidades para o split.

Abates por jogador da FURIA

O que esperar na grande final

É um erro menosprezar a FURIA em qualquer modalidade – até mesmo no xadrez. Depois de um desempenho brilhante na LBFF 4 e de uma participação apagada na final daquela temporada, a equipe chega para se redimir e dar a sua torcida o título que tanto merece.

Com apenas um pontinho de bônus por ter se classificado na 10ª posição, os Panteras não terão vida fácil, mas podem – e devem – surpreender.

Por fim, a grande final acontece no próximo dia 24 de julho, a partir das 13h (horário de Brasília). Você poderá acompanhar as transmissões ao vivo no canal oficial do Free Fire no YouTube e na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena.

Acompanhe as redes sociais da Garena no FacebookInstagram e Twitter

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags:

Deixe um comentário!